Zaady

Funcionários da Rede TV! entram em greve por tempo indeterminado

O acordo entre o Sindicato dos Radialistas e a RedeTV! não acorreu e a emissora paulista não irá reajustar os salários dos funcionários. Por isso, colaboradores da empresa aprovaram em assembleia, na tarde da última segunda-feira, 30, a realização de uma greve geral por tempo indeterminado.

Segundo o ‘TV Pop’, a partir da meia-noite desta terça-feira, os trabalhadores do canal irão parar. É a segunda greve organizada pela equipe. Em outubro de 2019, os profissionais decidiram parar como protesto pela decisão de proibir a realização de horas extras. Na época, diversos programas foram atingidos pela greve e telejornais foram levados ao ar de maneira precária.

Os funcionários tentavam negociação de aumento salarial, já que não há reajuste desde 2018. Para os colaboradores do canal, não fazia sentido que os dois sócios estivessem de férias na Itália enquanto os funcionários acumulam jornadas de trabalho para sustentar as famílias.

Na semana passada, funcionários da RedeTV! se reuniram para exigir o reajuste dos salários nas condições previstas pela última convenção coletiva de trabalho. A pauta de reivindicação havia sido aprovada durante um evento e foram enviadas para a diretoria da empresa no dia seguinte.
Ainda no dia 24, os trabalhadores decretaram estado de greve, esse termo simboliza última tentativa de negociação dos funcionários antes de decidirem a interrompimento das atividades.

Ao site Uol, a RedeTV! falou sobre a greve. “A RedeTV! lamenta que o Sindicato tenha realizado assembleia na qual não estava presente a maioria de seus milhares de colaboradores para decretar o estado de greve. Isso prejudica o trabalho dos demais colaboradores que não concordam ou apoiam tal movimento”, disse a emissora em nota.

“A argumentação apresentada pelo Sindicato é totalmente desvinculada da realidade, sabendo que o setor de comunicação foi um dos mais gravemente afetados pela pandemia de covid-19 e que a RedeTV!, ao contrário de outras empresas do meio que notoriamente praticaram grandes cortes de folha de pagamento durante o período, não o fez. A RedeTV! seguirá desempenhando as suas funções com os colaboradores que refutam tal movimento”.

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

Instagram

Facebook 

YouTube