Zaady

Equipe de reportagem de afiliada do SBT é agredida em Pernambuco, entenda o caso

Na última quinta-feira, 10, uma equipe de reportagem da TV Jornal, afiliada do SBT em Pernambuco, foram agredidas enquanto faziam a cobertura da prisão do prefeito e vice-prefeito de Agrestina, município do Agreste pernambucano.

As intimidações começaram em frente à residência do prefeito Thiago Nunes, que foi levado pela Polícia Federal após a terceira fase da Operação Pescaria ser deflagrada. Na frente da sede da PF em Caruaru mais agressões foram registradas.

Nas filmagens é possível ver um homem intimidando o cinegrafista que filma o momento em que a Polícia Federal chega na casa do prefeito. Em seguida, um caminhão estaciona na frente da residência para dificultar o registro das imagens. De acordo com a emissora, apoiadores da prefeitura tentaram impedir que os profissionais exercessem sua função jornalística.

Ainda segundo o canal de televisão, no momento de uma entrada ao vivo na sede da Polícia Federal em Caruaru, uma mulher empurra outro cinegrafista ao colocar uma bolsa na frente da câmera.

O prefeito de Agrestina, Thiago Nunes, e o vice, Zito da Barra, são investigados pela Polícia Federal por desvio de recursos públicos na prefeitura da cidade. Além dos políticos, um funcionário da prefeitura e dois empresários também foram presos.

A coluna entrou em contato com a assessoria da TV Jornal, que nos enviou a seguinte nota: “O Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco já se posicionou sobre o ocorrido. A emissora já utilizou os veículos internos pra repudiar este tipo de impedimento ao exercício da profissão.”

POR REDAÇÃO

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

INSTAGRAM

FACEBOOK