Zaady

Netflix suspende todas as atividades na Rússia em apoio a Ucrânia

A Netflix suspendeu todos os seus serviços na Rússia,  desde o último domingo, 06, de acordo com a Variety, como resposta à invasão da Ucrânia pelas tropas comandadas por Vladimir Putin, iniciada no final de fevereiro. A gigante do streaming se junta a outras grandes corporações que aplicaram sanções ao país nos últimos dias.

Na semana passada, a Netflix já havia anunciado a paralisação de futuros projetos e aquisições no território russo. Tal medida afeta, inclusive, algumas produções originais que estavam em andamento, como uma série policial cuja filmagem precisou ser suspensa em decorrência dos últimos acontecimentos.

Outra decisão tomada pela companhia norte-americana foi a de não transmitir canais ao vivo gratuitos para os assinantes russos, obrigatoriedade que havia sido imposta pela agência reguladora Roskomnadzor, no início deste ano. Como a empresa também não abriu escritório em Moscou, outra exigência do órgão, o serviço pode acabar encerrando completamente suas atividades no país.

Presente por lá desde 2016, a Netflix possui cerca de 1 milhão de assinantes na Rússia, conforme a publicação, quantidade considerada pequena diante dos 222 milhões de usuários pagos do serviço em todo o mundo. A operação local do streaming é feita em parceria com o National Media Group.

Além da Netflix, diversas outras grandes companhias cortaram laços com a Rússia recentemente. A Apple, por exemplo, suspendeu vendas e exportações de produtos, removeu apps de agências de notícias estatais do país da App Store e limitou o funcionamento da sua carteira digital para os usuários russos.

Microsoft, Dell, Samsung e Google, entre outras, tomaram medidas semelhantes às da Maçã, bloqueando temporariamente os negócios com o país comandado por Putin. Já o TikTok interrompeu novos uploads de vídeos feitos por usuários russos, bem como as transmissões ao vivo.

No setor de entretenimento, os grandes estúdios, entre os quais Disney, Paramount Pictures, Warner e Sony, afirmaram que não irão lançar seus novos filmes nos cinemas locais, por enquanto. Dessa forma, produções como ‘The Batman’ e ‘Sonic the Hedgehog 2’ terão a estreia atrasada no país.

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

Instagram

Facebook 

YouTube