Zaady

Jair Bolsonaro recusou vacinas da Pfizer pela metade do preço pago por EUA e Europa

O presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) recusou, em 2020, a compra de vacinas da Pfizer oferecidas ao Brasil pela metade do preço pago pelos Estados Unidos, Reino Unido e também União Europeia.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, até 70 milhões de doses da farmacêutica poderiam ter sido entregues a partir de dezembro de 2020 por 10 dólares cada. Os outros países pagaram  US$ 20 pelo imunizante.

Na época, o então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, considerou as vacinas muito caras. Em abril deste ano, o contrato foi assinado pelo mesmo valor, mas com oito meses de atraso.

O vice-presidente da CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), contabilizou 53 emails enviados pela Pfizer ao governo brasileiro a partir de agosto cobrando resposta sobre a oferta dos 70 milhões de doses.

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

Instagram

Facebook 

YouTube

Assista abaixo o programa Personal TV: