Zaady

Cuidado com os aplicativos de exercícios físicos

Eles são diversos, estão espalhados nas principais lojas virtuais de aplicativos e com uma “irresistível” promessa de auxiliar o usuário a conquistar o que ele tanto almeja fisicamente. Mais segundo o professor de Educação Física André Zaady, os mesmos são um verdadeiro risco a saúde dos usuários, podendo levá-los a sofrer uma lesão muscular séria ou lesão articular irreversível.

Isso porque antes de qualquer prescrição de exercícios aeróbicos ou resistidos, como a própria musculação, é necessário uma avaliação física diagnóstica, até para entender as limitações do corpo, o nível de maturação muscular, os movimentos mais indicados para cada caso e se a pessoa possui algum sintoma que poderia impedi-la dessa prática regular: “é de extrema necessidade que o indivíduo passe primeiro por uma avaliação presencial, antes de qualquer prática esportiva, isso porque ele não possui conhecimento técnico científico. O que é ainda mais perigoso é deixar que um aplicativo manipule sua vida e determine o que você tem que fazer sem ao menos lhe entrevistar devidamente ou solicitar até que sejam feitos alguns exames importantes. É muito perigoso substituir uma mão de obra humana por um meio de instrução que tem pensado apenas nos lucros financeiros” diz André.

O professor alerta ainda que é necessário até mesmo antes de uma avaliação presencial que o indivíduo se certifique que o profissional seja formado e esteja credenciado ao conselho regional de Educação Física: “Não adianta também se deixar levar por promessas do corpo perfeito imediato, procure alguém que entenda e saiba como fazer isso dentro de um protocolo fidedigno”, conclui o professor

Por Redação