Zaady

Comissão da OAB conclui que Bolsonaro agiu para propagar o coronavírus e deve sofrer impeachment

A comissão criada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para analisar a conduta do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) durante a pandemia do novo coronavírus concluiu, que o ocupante do Palácio do Planalto agiu para propagar intencionalmente a Covid-19.

O ato, segundo a comissão, configura crime de responsabilidade e, portanto, Bolsonaro deve responder a um processo de impeachment. Além disso, ainda de acordo com a comissão da OAB, o presidente deve ser denunciado por crime contra a humanidade perante o Tribunal Penal Internacional.

O relatório foi encaminhado ao Conselho Federal da OAB. Representantes das seccionais estaduais da entidade decidirão se apresentam, ou não, um pedido de impeachment.

A comissão responsável pela análise da gestão Bolsonarista na pandemia foi presidida pelo ex-presidente do STF Carlos Ayres Britto e composta por juristas e advogados, como Miguel Reale Jr, Carlos Roberto Siqueira Castro, Cléa Carpi, Nabor Bulhões, Antonio Carlos de Almeida Castro, Geraldo Prado, Marta Saad, José Carlos Porciúncula e Alexandre Freire.

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

Instagram

Facebook 

YouTube

Assista abaixo o programa Personal TV: