Zaady

Uber registra um prejuízo de US$ 5,2 bilhões e cresce menos este ano

Segundo relatório apresentado desde que se tornou uma companhia pública (com ações na bolsa), em maio, e mesmo com o crescimento de 14% no segundo trimestre atingindo US$ 3,17 bilhões, o número preocupa os investidores, que esperavam cerca de US$ 3,3 bilhões.

Os analistas da CNBC esperavam perdas de US$ 3,12 por ação, porém a desvalorização chegou a US$ 4,72. Apesar de os números serem preocupantes na interpretação de alguns economistas, a Uber tem um posicionamento bastante firme nesse relatório. Dara Khosrowshahi, CEO da empresa, abre o parecer apontando que a companhia teve um crescimento de 35% no número de viagens em comparação com o segundo trimestre do ano passado.

Anúncio

Outro ponto que chamou a atenção foi que a plataforma atingiu 100 milhões de usuários ativos mensalmente, tornando-se parte do dia a dia de cidadãos do mundo inteiro. Vale ressaltar que o serviço de aplicativo para transporte de passageiros é responsável por apenas parte do lucro.

Atualmente, o também Uber Eats é uma das grandes apostas e parece ter se saído bem no último relatório. Essa divisão teve crescimento de 140% no período de 1 ano, sendo que 40% dos novos consumidores nunca tinham utilizado o aplicativo. A empresa também comenta que já atende 320 mil restaurantes e que o serviço cresceu 72% no trimestre.

Fontes: Uber Vox