Zaady

TIM, Vivo e Claro compram Oi por R$ 16,5 bilhões

Foi finalmente oficializada na tarde desta segunda-feira, 14, a venda da telefonia móvel da Oi para o consórcio formado pelas rivais TIM, Vivo e Claro. A oferta de R$ 16,5 bilhões do trio foi a maior recebida pela empresa. A Oi também já vendeu o seu negócio de torres e data-centers e deve desaparecer por completo do mercado de telefonia móvel em breve.

A empresa Oi era a última grande operadora brasileira a ter participação significativa no mercado nacional de telefonia móvel. Sua base de clientes será dividia entre as rivais, mas a TIM será, de longe, a maior beneficiada pelo negócio.

A operadora italiana, que hoje tem 23% dos clientes ativos na telefonia móvel nacional, vai pular para 32% com a incorporação da base da Oi. A mexicana Claro, que hoje fica com 26%, terá 29%. A espanhola Vivo continua líder mesmo com a incorporação da Oi, saindo de 33% para 37% do mercado.

Para diminuir todas as chances de ter o negócio impedido pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), o consórcio de operadoras decidiu dividir da base da Oi respeitando o critério da dominância regional. Isso quer dizer que a operadora com a menor participação em determinada área de DDD deve absorver toda a base de clientes da Oi nessa dita região.

 

Por redação

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

Instagram

Facebook 

YouTube