Zaady

Ataque hacker ao TSE conseguiu também roubar dados de 2020, diz jornal

Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) obtidas pelo jornal O Globo, hackers conseguiram roubar dados da instituição referentes a 2020. As informações teriam sido subtraídas do Portal do Servidor do TSE, com dados pessoais de juízes e outros funcionários, mas acredita-se que o ataque tenha ocorrido no mês setembro deste ano, e não no dia das Eleições 2020.

A primeira parte do vazamento trazia dados de um servidor antigo do TSE, com informações de servidores que trabalharam na instituição entre o anos de 2001 e 2010. Agora, foram encontradas na internet dados de 2020, os dados remontam apenas até setembro, dando a entender que o ataque teria ocorrido nesse mês em específico.

Os hackers teriam então esperado o dia das Eleições 2020 para fazer a divulgação na web das informações roubadas com o intuito de causar mais impacto, fazendo com que a população pudesse questionar a lisura do processo eleitoral. Segundo análise da SaferNet, ocorreu uma campanha criminosa coordenada de uma série de indivíduos e grupos hacker com o intuito de desacreditar as eleições, abrindo assim margem para os candidatos derrotados questionarem os resultados do pleito.

Por redação

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

Instagram

Facebook 

You Tube