Zaady

Agora é crime vender curtidas e seguidores em redes sociais

Existem muitos internautas  que se utilizam das redes sociais apenas com o objetivo de se tornarem populares com máximo de seguidores possíveis, porém, não é segredo pra ninguém que há quem compre esses seguidores e até curtidas, mas essa prática tornou-se crime recentemente: Letitia James, advogada geral de Nova York, tornou ilegal essa prática da venda de seguidores em um acordo com a empresa Devumi, que enfrentou maus bocados após uma reportagem do jornal The New York Times apontando que a mesma era responsável pela venda milhões de likes, retweets e seguidores falsos em diversas redes sociais.

Todas estas contas de bot funcionavam sem nenhuma verificação pelo Twitter, YouTube, LinkedIn, SoundCloud e até mesmo no Pinterest. Além disso algumas delas roubavam imagens de pessoas reais de outras contas. O grande problema nesta prática é que ela faz com que opiniões e até mesmo pessoas pareçam mais populares do que realmente são, gerando uma falsa influência online. Além disso, acabam por gerar um engajamento falso em redes sociais podendo até mesmo afetar o que os usuários decidem comprar e o que os anunciadores optam por exibir para o público comum.

Por Redação