Zaady

Mangueira faz duras criticas aos líderes cristãos e alfineta Bolsonaro

Na noite deste domingo, 23, a tradicional Mangueira apresentou um desfile sobre a vida de Jesus Cristo. Além do enredo, intitulado ‘A Verdade Vos Fará Livre’, o grupo levou para a avenida diversas pessoas, que interpretaram Cristo de múltiplas formas.

A rainha de bateria da escola, Evelyn Bastos, foi uma das intérpretes de Jesus, bem como o ator Humberto Carrão. O pastor Henrique Vieira esteve também na avenida como Cristo em situação de rua.

A Comissão de Frente da Mangueira apresentou ainda uma versão contemporânea de Jesus, na qual ele também foi exibido como morador de periferia. Já Maria foi representada pela cantora Alcione.

No enredo, a escola carioca atacou líderes cristãos, chamados de “profetas da intolerância”, e também alfinetou o presidente Jair Messias Bolsonaro, no trecho “Favela, pega a visão, não tem futuro sem partilha nem messias de arma na mão”. O título do enredo da Mangueira fez alusão ao texto João 8:32, frequentemente citado por Bolsonaro.

Por redação