Zaady

Reynaldo Gianecchini defende o também ator José Mayer em caso de assédio: “Injustiçado”

Durante entrevista para o jornal O Globo, o ator Reynaldo Gianecchini falou sobre a sua sexualidade, revelando já ter ficado homens, e também relembrou o caso de assédio envolvendo José Mayer, dando sua opinião sobre o ocorrido.

Meyer foi acusado de assediar sexualmente uma figurinista durante as gravações da novela ‘A Lei do Amor’, no de 2017, na qual vivia o vilão Tião. Gianecchini interpretava o protagonista Pedro na trama, e para o mesmo, a história foi injusta.

Acho que foi injusta essa história. Eu estava na novela junto com o Zé e duvido que ele tenha sido agressivo, passando do ponto no assédio. Há diferenças entre assédio e cantadas. Hoje enxergo uma comoção que não contribui para a verdade. A luta pelos direitos das mulheres às vezes atropela. O Zé Mayer é um p*ta artista e foi massacrado, sumiu, fechou-se em casa, não quer fazer nada. Houve um exagero com ele“, disse o ator.

Na época do caso, diversas atrizes da emissora se uniram e realizaram um protesto nas redes sociais usando os dizeres Mexeu com uma, mexeu com todas. Zé Mayer foi afastado e desde então não atuou em mais nenhuma novela da emissora.

Por André Zaady