Zaady

O humorista Whindersson Nunes cancela shows e preocupa fãs após desabafo sobre depressão

O humorista Whindersson Nunes revelou se afastar das redes sociais e também cancelou todas as suas apresentações até o início do mês de agosto.

Segundo informações divulgadas pelo jornal Extra, o único show marcado em sua agenda é o de Juiz de Fora, Minas Gerais, no dia 3 de agosto.

Whindersson usou as redes sociais para publicar um desabafo e revelou que estaria passando por um momento de muita dificuldade em sua vida. “Eu sinto uma angústia todos os dias, todos os dias, algumas risadas, algumas brincadeiras e depois lá estou eu de novo com esse sentimento ruim. Mas eu apesar de tudo de bom que vem acontecendo comigo, com tudo que já conquistei, eu me sinto a alguns anos triste”, escreveu o mesmo.

Sem querer decepcionar seus fãs e amigos, que segundo o humorista, são suas maiores conquistas, Whindersson ressaltou a importância de Luísa Sonza em sua vida e chocou a todos com uma fala fortíssima. “Por favor me perdoe por falar isso, por favor, eu amo vocês demais, demais mesmo, foda-se o dinheiro, os números, mas eu não sinto tanta vontade de viver, me desculpe, eu precisava falar pra alguém a não ser a minha esposa que é incrível”, continuou ainda.

Retratando a fala anterior, ele disse que nunca quis tirar sua vida, porém, nos momentos de dores ele só pensa em não decepcionar as pessoas que ama. Dando a entender uma possível forte depressão, Nunes ainda se referiu a uma espécie de recordação de momentos muito difíceis que já teria passado. “É tão ruim ficar assim, por que eu já estive lá uma vez, não queria voltar pra lá pq é gelado e sem cor, e eu amo sorrir”, desabafou o artista.

Após o desabafo, Luísa, sua esposa, compartilhou uma homenagem e se declarou ao amado. “Eu tô aqui pra e por você, bichinho meu, tudo vai ficar bem… É eu e tu e tu e eu pro resto da vida, na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, pra sempre! Deus tá com a gente e tudo vai passar, só vai ficar o bom da vida. Tamo junto nessa!”, escreveu a cantora.

Por André Zaady