Zaady

Morte de Gabriel Diniz: FAB conclui que condições do tempo e erro do piloto levaram à queda da aeronave

Condições meteorológicas adversas, atitude e indisciplina de voo do piloto levaram à queda de avião que transportava o cantor Gabriel Diniz, de 28 anos, em maio de 2019. É o que aponta um relatório do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da FAB, divulgado na última quinta-feira, 29.

No acidente, morreram também Linaldo Xavier e Abraão Farias, ambos pilotos. Mas no momento do acidente, segundo o Cenipa, apenas o primeiro estava exercendo a função e teria tomado atitudes consideradas erradas durante a operação da aeronave Piper Cherokee PT-KLO. Segundo o relatório, o piloto não avaliou adequadamente os parâmetros para a operação da aeronave com a decisão do prosseguimento do voo em condições meteorológicas desfavoráveis.

A aeronave caiu no Povoado Porto do Mato, no município de Estância, em Sergipe, no dia 27 de maio de 2019.

Veja fatores que contribuíram para o acidente, segundo o Cenipa:

  • Atitude
  • Condições meteorológicas adversas
  • Indisciplina de voo
  • Julgamento de pilotagem
  • Planejamento de voo
  • Processo decisório

O documento aponta que a aeronave, fabricada em 1974, não estava equipada com radar meteorológico e também não era certificada para voar sob Regras de Voo por Instrumentos (IFR), sendo autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) operar sem Condições de Voo Visual (VMC).

Por redação

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

Instagram

Facebook 

You Tube