Zaady

Maju Coutinho abre o jogo sobre críticas após estreia no ‘Jornal Hoje’

A jornalista Maju Coutinho foi uma das convidadas do  Altas Horas deste sábado, 28, e surpreendeu ao falar sobre as críticas que sofreu logo que iniciou como âncora do Jornal Hoje nas tardes da TV Globo.

Com muita sinceridade, ela contou: “Quando eu fui convidada pra assumir a bancada, eu já imaginava que eu poderia receber críticas e eu acho que eu já tava preparada”. Mas esclareceu que precisou filtrar o que lia a respeito de si. “Eu faço terapia há muito tempo e isso me ajuda muito a ter força interna pra lidar com esses momentos de crítica e de pressão. Eu acho que, sobre as críticas que eu recebi, eu procurei e tentei não ouvi-las no começo, até foi o conselho de uma amiga, que falou ‘Tente não ter contato com elas nesse começo’. Foi um pouco difícil, porque as pessoas acabavam me perguntando o que eu tava achando“.

Maju ainda analisou as críticas: “Eu achei, sinceramente, um pouco de injustiça, porque você levar críticas em uma semana de trabalho, num trabalho novo, que você está numa transição, e é super natural que nessa transição você tenha momentos de adaptação. Ainda mais no caso do Jornal Hoje que nós tentamos fazer uma coisa mais solta, mais falada, e quando a gente fala a gente engasga, a gente engole ‘s’“, explicou. Ela deixou claro que saiu firme e forte: “Foi um momento de muita pressão, mas foi legal também porque eu acho que eu consegui passar por esse momento com dignidade, com força. As críticas construtivas, que me fazem crescer, eu ouvi. As outras, eu só lembrei da Ludmilla, que é ‘cheguei, chegando’!“.

Ao falar sobre o primeiro dia no Jornal Hoje, ela confessou: “Um terror! Eu acordei às 5 da manhã, meditei, orei, me alonguei e falei ‘vamos’. Mas é uma sensação muito maluca, porque você quer que aconteça, pra se livrar da ansiedade (…) e um medo de dar tudo errado, do julgamento. Foi terrível, mas depois eu gostei!“.

Por redação