Zaady

Letícia Almeida quebra o silêncio e fala sobre abuso de Jonathan Couto

O caso Letícia Almeida deu o que falar no ano passado, após a atriz ter revelado que sua filha, Maria Madalena, foi fruto de uma relação com o seu concunhado Jonathan Couto, e não de seu namorado Saulo Pôncio.

Depois de uma série de especulações, Letícia foi ao programa de Luciana Gimenez nessa quarta-feira, 13, para falar sobre o ocorrido. A mesma tinha ao seu lado sua advogada, enquanto contava toda a história.

A apresentadora perguntou como aconteceu o então episódio que a deixou grávida.  A ex-namorada de Saulo explicou que tinha sido embriagada por Jonathan.

“Tudo aconteceu quando Saulo viajou. Não costumo beber, mas estava bêbada aquele dia por causa de uma comemoração. Ele me ofereceu bebida e me levou pro último andar da casa e teve relações comigo, sem meu consentimento”, revelou.

Letícia ainda disse que não lembrava de nada e que só ficou sabendo de tudo dois dias depois, ao receber uma pílula do dia seguinte de Jonathan.”Eu não lembrava devido a minha embriaguez e não tive reação. Rapidamente, consegui me livrar daquilo, fui para o meu quarto e dormi”, contou.

Ela falou também que o teste de DNA foi pedido desde o início da gravidez pelos pais de Saulo. Durante toda a gravidez, Letícia não teria tido apoio do suposto pai da criança, segundo ela.

Por Redação