Zaady

Jean, goleiro do São Paulo, é solto após agredir esposa e Já pode voltar para o Brasil

Um dia depois de ser preso acusado de violência contra a mulher, o goleiro do São Paulo Jean foi liberado após audiência de custódia e já pode voltar ao Brasil. A esposa do jogador, Milena Bemfica, gravou vários  vídeos mostrando os machucados no rosto e pedindo ajuda. O casal estava de férias na Flórida, nos Estados Unidos. Jean foi fichado no Departamento de Correções do Condado de Orange e pré-sentenciado por violência doméstica. O goleiro não precisou pagar fiança e precisa se manter afastado de Milena. Em contrapartida, ele pode manter contato com as filhas, mas com a presença de terceiros.

Na audiência de custódia, realizada nesta quinta-feira, 19, Jean estava acompanhado do advogado Jack Goldberger, responsável por conduzir casos similares de Jeffrey Epstein, amigo de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, e Roberto Kraft, dono do New England Patriots.

Por redação