Zaady

Ex-motorista da Record faz revelações polêmicas do apresentador Geraldo Luís

O apresentador Geraldo Luís está sendo processado pelo motorista Ismael Oliveira Silva, 47 anos, que acusa o apresentador de racismo e assédio no trabalho. O caso de injúria racial entrará ainda na Justiça Trabalhista.

Geraldo, que teria cometido o crime de assédio moral, alega que tem nas suas veias “sangue afrodescendente” e que também  “as afirmações são absurdas”. O motorista, por sua vez, afirma que sofreu diversas humilhações por parte do apresentador durante quase uma década de serviços prestados para emissora da barra funda.

Desde a época em que ainda era assistente de câmera no de 2010, Geraldo começou a tratá-lo com palavras como “porcaria”. Numa entrevista concedida para o programa Tricotando, da RedeTV, o ex-motorista relatou que não quer o dinheiro do apresentador, mas apenas que ele pague por tudo que supostamente teria feito.

“Essa ação não pede dinheiro, não é peculiar. É uma ação criminal. Ele vai ser punido criminalmente, ele não vai ser punido para me pagar alguma coisa. A Justiça cobra dele pelo ilícito que ele praticou”, relatou. Ismael ainda disse que está com problemas para arrumar novo emprego por conta dessa confusão.

Por André Zaady