Zaady

Eduardo Suplicy pede prisão de Ratinho após apresentador defender intervenção militar

Eduardo Suplicy pediu a prisão de Carlos Massa, o Ratinho, após o apresentador defender intervenção militar e medidas higienistas contra mendigos e atacar a Constituição Federal. O vereador de São Paulo pelo PT também desafiou o comunicador a um debate sobre a ditadura, vigente no Brasil entre os anos de 1964 e 1985.

“Por suas declarações em favor da ditadura militar, Ratinho está a merecer punição semelhante à do deputado Daniel Silveira (PSL-SP). Por 11×0 o STF decidiu que ele deve estar preso”, argumentou o político, fazendo paralelo com  o parlamentar que foi detido na noite da última terça-feira, 16, por atacar o STF (Supremo Tribunal Federal) e teve sua prisão preventiva referendada por unanimidade pela Corte no dia seguinte.

Compre agora este produto na Caveira Suplementos

“Desafio o apresentador Carlos Massa, o Ratinho, a realizar um debate em que ele venha a defender a volta dos militares ao poder no Brasil, como aconteceu de 1964 em diante, na ditadura militar, e a extinção por expulsão da população de rua, por meio da força e das armas, em que eu tenha a oportunidade de defender a democracia e a instituições que signifiquem a realização da justiça”, acrescentou o ex-senador, defensor da implantação da renda básica de cidadania como instrumento de redução da pobreza.

Eduardo ainda rebateu Ratinho ao dizer que a maioria da população não é favorável à volta dos militares ao poder. “Diferentemente do que ele afirma, tenho a certeza de que o povo optará pela democracia”, salientou.

Por redação

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

Instagram

Facebook 

YouTube