Zaady

Daniela Mercury faz apelo a favor da criminalização da homofobia

Através de suas redes sociais, a cantora Daniela Mercury fez um emocionado apelo a favor da criminalização da homofobia. O tema, que começou a ser julgado nesta quarta-feira, 13, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), será retomado ainda hoje, a partir das 14 horas.

Durante a ação, os ministros irão definir se o Congresso pode aprovar leis que criminalizam a homofobia no país.

Daniela casada com a jornalista Malu Verçosa, a então rainha do axé abriu o seu coração. “Vivemos num país que mais mata LGBTs no mundo. Pode ser um filho seu, sobrinho, irmão, irmã, que seja morto ou morta no dia seguinte. Por favor, a gente precisa muito que vocês prossigam e terminem esta votação, que esta votação não pare”, disse a cantora, em vídeo publicado na manhã desta quinta-feira.

A mesma também incentivou o público em geral a gravar vídeos pedindo para que os ministros continuem a votação no supremo. “Precisamos aprovar esta lei contra a homofobia. Ajudem-nos a criminalizar a homofobia pra gente acabar com a violência no Brasil. Estamos juntos nesta luta!”. 

Ontem, durantes todo o dia ela e Malu, e outros famsos, também se pronunciaram sobre o assunto. “Não posso morrer por amar uma pessoa do mesmo sexo. Ele não pode morrer por andar de mãos dadas com o namorado. Basta de impunidade. Tem que ser crime”, desabafou Malu.

Por André Zaady