Zaady

Caso Gugu: justiça cassa pensão de viúva e manda irmão dela deixar mansão

Reviravolta na disputa pela herança de Gugu Liberato. A Justiça tomou duas novas decisões desfavoráveis a Rose Miriam di Matteo após vitórias da mulher.

A liminar em que Rose havia garantido o direito de receber R$ 100 mil por mês de pensão foi cassada pelo desembargador Galdino Toledo do Tribunal de Justiça de São Paulo e a juíza Eliana da Câmara Leite Ferreira, da 1ª Vara de Família e Sucessões da Comarca de São Paulo, permite que os herdeiros do apresentador expulsem Giafrancesco di Matteo da mansão em Orlando, nos EUA.

A decisão do desembargador Galdino de cassar a liminar que obrigava o espólio de Gugu a pagar pensão de R$ 100 mil a Rose Miriam se baseou no fato dele entender que não havia relação de união estável, segundo noticiou o jornalista Lauro Jardim. No documento, Galdino afirmou que devem ser depositados apenas US$ 10 mil, referentes aos custos do filho que a médica teve com o apresentador. No câmbio desta quarta-feira (05), o valor equivaleria a R$ 42.353.

Já a juíza da 1ª Vara de Família e Sucessões concedeu liminar para que os herdeiros de Gugu expulsem o irmão de Rose da mansão em que ela mora com os filhos em Orlando, nos EUA, segundo informou o portal UOL. “Defiro, entretanto, autorização à inventariante […] para que sejam tomadas providências, visando a desocupação do bem”, escreveu a magistrada em trecho da decisão. Vale ressaltar que a inventariante do espólio, segundo o testamento do apresentador é a irmã dele, Aparecida Liberato.

Por redação