Zaady

Acusado de estelionato por desconhecida, ator Brad Pitt é processado em R$ 560 mil

Acusado de estelionato por uma desconhecida, o ator Brad Pitt está sendo processado em US$ 100 mil, o equivalente a cerca de R$ 560 mil. Kelli Christina, uma moradora do estado do Texas e empresária, acusa o astro de Hollywood de ter recebido US$ 40 mil (R$ 224 mil) em doações para sua instituição de caridade em troca de comparecer a eventos aos quais nunca foi.

De acordo com o processo obtido pelo jornal Daily Mail, Kelli alega que Pitt a contatou há alguns anos atrás para arrecadar dinheiro para a Fundação Make It Right, uma instituição que trabalha na reconstrução do 9º Distrito de Nova Orleans (Luisiana) desde a passagem do furacão Katrina, em 2005.

A suposta vítima diz que deu centenas de dólares ao ex-marido de Angelina Jolie para que ele marcasse presença em seus eventos, já que ela é presidente de uma empresa de cuidados médicos, mas que ele sempre dava a desculpa de não conseguir ir.

Fontes próximas ao artista contaram ao Daily Mail que os advogados dele trabalham com a defesa de que Kelli foi vítima de um “catfish”, quando um golpista usa um perfil se passando por outra pessoa e que, portanto, tanto ela quanto Pitt foram vítimas.

Christina também afirma no processo que chegou a estabelecer uma relação além de trabalho com o coadjuvante de Era Uma Vez em… Hollywood (2019). Segundo a texana, os dois chegaram a ter conversas até sobre casamento, mas que o artista cortou contato com ela assim que ela parou de fazer doações.

Ela, então, pede US$ 100 mil por quebra de contrato e fraude, na intenção de recuperar seu dinheiro, além de danos adicionais.

Brad negou ter mantido qualquer tipo de contato com Kelli ou ter se comunicado com ela de qualquer forma. Além disso, em sua resposta legal à ação, ele afirma que nunca pediu pagamentos a mesma, nem autorizou ninguém a fazê-lo em seu em seu nome.

Por redação

Siga o Portal Zaady nas redes sociais:

Instagram

Facebook 

You Tube